Poesia e Performance em Cuba: Omar Pérez

por: Mariana Costa Mendes

Na última semana tivemos o prazer de receber em São Paulo o poeta, tradutor e ensaísta cubano Omar Pérez López. Dentre as obras de Omar, podemos citar: Algo de lo sagrado (1996, traduzido para o inglês em 2007), Oíste hablar del gato de pelea? (1999), Canciones y letanías (2002), Língua franca (2009), La perseverancia de un hombre oscuro (ensaio, 2000, Premio de la Crítica), El corazón mediterráneo (ensaio, 2010), Word (CD, 2009), Cubanología (CD, 2015) , Tablet A (2015) e Filantropical (2016).

A passagem de Omar Pérez por São Paulo foi repleta de eventos. Na última quinta-feira, 16 de junho, ocorreu um bate-papo com o autor sobre “Poesia e Performance em Cuba: poéticas ilhadas” no Centro Universitário Maria Antonia (CEUMA/USP). Neste dia, Omar nos apresentou, utilizando o cajón, os antecedentes da poesia popular em Cuba, como o punto guajiro que evolui para la controversia – semelhante ao repente no Brasil –  e os toques de palo – que lembram a capoeira. Nos anos 1950 temos o movimento Filin em Cuba, no qual os artistas diziam as músicas, deixando assim um espaço ambíguo entre a melodia e o poema. A partir daí podemos conhecer as inspirações que dão origem ao estilo de Omar Pérez.

Já no sábado, 18, Omar participou de La Garçonière – 3ª edição no Estúdio Lâmina no qual perfomou Word, Teorema, Te prometieron una ley, Vacilón, Ronca ciudadSe hace lo que puede.

13475173_299722497044632_1740540571943502316_o

Omar Pérez. Foto por: Tatiana Faria Lima.

Além disso, em La Garçonière também ocorreu o lançamento de seu livro Vita Cora em espanhol. O livro foi publicado pela Malha Fina Cartonera em edição de autor especialmente para o evento.

IMG_20160622_183109468

“Word”. Foto por: Mariana Costa Mendes.

No Estúdio Lâmina também esteve presente o escritor Stefanni Marion lendo “Meus Documentos” de Alejandro Zambra e “Crônicas de motel” de Sam Shepard; Álvaro Faleiros cantando músicas do seu CD “Nada não, Canções”.

IMG_20160618_213523640

Stefanni Marion lendo “Meus Documentos” de Alejandro Zambra e “Crônicas de motel” de Sam Shepard. Foto por: Mariana Costa Mendes.

IMG_20160618_221250017

Álvaro Faleiros cantando músicas do seu CD “Nada não, Canções”. Foto por: Mariana Costa Mendes.

Durante esta semana, Omar nos concedeu uma entrevista, que foi feita por Pacelli Dias Alves de Sousa e será divulgada próximo ao lançamento da antologia de poesias de Omar Pérez no primeiro semestre de 2017 pela Malha Fina Cartonera.

Por enquanto, fiquem com àgua na boca com uma apresentação de Omar no 16° Festival Internacional de Poesía de Medellín (2006):

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s